Eu sigo a Dieta Paleolítica, mais focada na Low Carb. As minhas principais fontes de energia vêm de gorduras como oleoginosas, avocado, gordura animal, óleo de coco e algumas frutas de baixo índice glicêmico.

jejum intermitente low carb dicas bella russo (5)

Esse estilo de vida me ensinou muito a ouvir o meu próprio corpo e reduzir o meu apego emocional com o alimento!

Além disso, outra coisa que também me ajudou bastante foi algo chamado “Jejum Intermitente”. Já ouviram falar?

jejum intermitente low carb dicas bella russo (2)

Faço jejuns curtos de 12 a 16 horas, 3 a 4 vezes por semana.

Existem tipos de jejum mais longos de até 24 horas, mas nunca tentei e vou explicar o por quê.

jejum intermitente low carb dicas bella russo (6)

Quando me interessei por jejum intermitente, pesquisei bastante, pois assim como muitas de nós, achava um pouco absurdo ficar sem comer.

A ideia de que jejum não seja saudável surgiu pela comunidade de fisiculturismo que afirma o fato de que, se ficarmos muito tempo sem comer, o corpo irá usar os músculos como combustível, gerando perda de massa muscular.

jejum intermitente low carb dicas bella russo (7)

Para não entrar em processo catabólico (quando o corpo usa a proteína muscular como fonte de energia), é preciso consumir fontes de proteína que possuam os nove aminoácidos essenciais. São eles: a proteína animal, ovos, carnes, peixes e laticínios.

A proteína tem absorção lenta no nosso corpo. Isto quer dizer que após fazermos uma refeição rica em proteína, são necessárias várias horas para que os aminoácidos entrem na corrente sanguínea. Para vocês terem uma ideia, este tempo pode chegar a mais de 10 horas.

jejum intermitente low carb dicas bella russo (3)

Com base em alguns estudos, é possível afirmar que para quem faz musculação ou esportes em geral (o que gera um aumento na demanda do corpo por glicogênio), fazer jejum por menos de 10 a 12 horas não irá fazer com que o corpo entre em estado catabólico muscular.

Jejuns longos de 24 horas ou mais dependem muito do nível de gordura corporal do indivíduo e da quantidade de massa corporal. Isso não significa que você tem que estar acima do peso para fazer jejuns longos, mas sim que se você tem um nível de gordura corporal baixo.

Ou seja, não é aconselhável fazer jejuns longos com o objetivo de preservar massa muscular junto com a perda de gordura corporal. Neste caso (que é o meu caso… sou atleta e com baixo nível de gordura corporal), faça um jejum mais curto.

jejum intermitente low carb dicas bella russo (1)

É muito importante ressaltar também que o jejum intermitente pode gerar efeitos colaterais caso você seja diabético ou não esteja acostumado com a dieta Primal ou Low Carb. Efeitos como tonturas, fraquezas, náusea e dores de cabeça são alguns dos sintomas que podem ocorrer.

Isto é decorrente da diminuição dos níveis de glicose sanguíneas que pessoas nestas situações (diabéticos ou que não estão acostumados a dieta) são mais suscetíveis a terem.

Os níveis de açúcar no sangue seguem o padrão de alimentação que as pessoas estão acostumadas a consumir, por isso é MUITO importante o acompanhamento de um profissional!

jejum intermitente low carb dicas bella russo (4)

Então, se você se interessou pelo assunto, procure uma nutricionista esportiva e corra atrás dos seus objetivos.

Espero que tenham gostado do tema.

 

Beijos,

Bella Russo

Instagram: @isabellarusso
Snapchat: Bellairusso

Comentários

comentários

Deixe um comentário

Written by Bella Russo
Bella Russo é professora de crossfit, mora em Los Angeles na Califórnia e tem um dos Snapchats mais legais que eu já vi. Ela vai compartilhar dicas fitness, motivacionais e outras coisinhas super legais com a gente.