Este fim de semana foi um pouco diferente do habitual… aliás, foi completamente diferente. Teve viagem para Ilhabela, Dia das Mães, encontro com a família e, para fechar da pior maneira possível, um pé quebrado.

fim de semana lele gianetti dia das maes ilhabela

Bom amores, apesar desse final trágico, o começo do FDS foi ótimo. Na sexta-feira cheguei do trabalho, preparei as minhas inspirações da semana e o best dressed com os melhores looks das famosas e, mesmo depois disso tudo, ainda encontrei energia para ir para a academia.

Trabalhei bastante a parte aeróbica e fiz um pouco de musculação… foi uma excelente primeira semana de volta aos treinos.

academia smart fit

E essa é umas das coisas que me deixou mais triste no final do domingo… mas daqui a pouco eu falarei mais sobre isso.

Depois de treinar, eu já sabia que ia viajar para Ilhabela no sábado para comemorar o Dia das Mães com a minha família. Então, consciente de que não seguiria uma dieta muito rigorosa lá na Ilha, saí para jantar com meu noivo num lugar que amamos e fica bem pertinho de casa, a Porchetteria.

PORCHETTERIA ANALIA FRANCO (1)

Tanto a carne (os medalhões de filé mignon) quanto a linguiça cuiabana estavam incríveis e ficam perfeitos acompanhados da farofa da casa mara que eles servem.

Isto sem falar nos molhinhos… é tudo incrível! E como estava um pouco mais friozinho, aproveitamos também para provar um caldinho de mandioquinha com bacon que é servido no pão. Uma delícia!

PORCHETTERIA ANALIA FRANCO (2)

Além de adorar a comida da Porchetteria que, para mim, com certeza é um dos melhores lugares para comer carne na região do Tatuapé, Jardim Anália Franco e região, ainda preciso ressaltar que o Thiago, um dos sócios do restaurante, é uma simpatia só, sempre muito atencioso e receptivo! 😀

No sábado de manhã, peguei a estrada com meu pai e minha mãe e chegamos em Ilhabela por volta das 11h.

ilhabela (3)

A estrada estava super tranquila e o dia estava lindo, com o céu bem azul e praticamente sem nuvens!

Vocês que me acompanham aqui no blog ou nas redes sociais já devem saber o quanto eu sou apaixonada pela Ilha, né?! Então, aproveitei o tempo aberto para fazer várias fotinhos.

ilhabela (7) ilhabela (12) ilhabela (10) ilhabela (6) ilhabela (2) ilhabela (1)

Depois de dar uma passadinha na minha casa para arrumar as coisas, fomos para a cidade para comer alguma coisa.

O lugar que escolhemos para almoçar foi o restaurante Max Paladar, que é um self service com com várias opções para todos os gostos… e o mais importante, com uma comida bem gostosinha.

restaurante max paladar ilhabela restaurante max ilhabela self service

Tentei me manter o mais saudável possível na hora de fazer meu prato. Depois de almoçar, saí para dar uma caminhada na praia junto com a minha mamys.

Como eu disse (e vocês puderam ver nas fotos), o dia estava lindo e fazia bastante calor. Então, aproveitei para tomar um Cornetto, um dos meus sorvetes favoritos.

ilhabela (9) ilhabela (8) lele gianetti ilhabela dia das maes (3)

Já mais no fim do dia, voltamos para casa para tomar um banho e nos arrumarmos. Isto pois, um grande encontro da minha família estava planejado.

Como domingo era dia de voltar para São Paulo, fizemos a comemoração do Dia das Mães no sábado à noite… além dos meus pais, também estavam presentes minha avó, minhas tias e minhas primas.

dia das maes ilhabela lele gianetti dia das maes ilhabela lele gianetti (2)

Ai amores, a festinha foi super divertida e foi ótimo rever minhas primas e minhas tias… ai que saudade que eu estava delas! Ameeeeeeeei!

No domingo de manhã, aproveitei mais um dia aberto em Ilhabela para fazer uma caminhada matinal! E nisso, ainda aconteceu a incrível coincidência de eu encontrar minhas primas já na fila da balsa! #yay

lele gianetti ilhabela dia das maes (7) lele gianetti ilhabela dia das maes (2) lele gianetti ilhabela dia das maes (5) lele gianetti ilhabela dia das maes (6) lele gianetti ilhabela dia das maes (1)

Mas gente, foi justamente depois dessas fotinhos, tipo 5 minutos depois, que eu pisei em falso e senti uma dor enorme no pé.

Voltei o caminho inteiro com o pé super inchado e, à medida que o tempo foi passando, a dor foi aumentando bastante. Assim que eu cheguei em São Paulo, fui direto para o hospital… e aí, veio a má notícia! Aliás, má não, péssima! Não se tratava de uma torção comum, eu simplesmente quebrei o pé! Nossa gente, fiquei arrasada.

pe quebrado engessado

O médico me passou que terei que ficar de gesso, no mínimo, por 35 dias… nesse período, usarei muletas e não poderei colocar o pé no chão. Ai amores, foi muito triste, especialmente por que terei que ficar afastada do meu trabalho lá no posto onde vou todos os dias e também não poderei fazer atividades físicas, logo agora que eu estava tão empolgada com a academia.

Mas enfim, eu acredito em Deus e confio que tudo tem um propósito, mesmo que a gente não compreenda na hora.

Bom amores, para terminar este post de uma maneira menos deprê, vou deixar uma fotinho do Frank em homenagem ao Dia das Mães.

pug frank (4) pug frank (2)

É isso gente… por favor rezem por mim e torçam para que eu me recupere o mais rapidamente possível. Vou contanto as novidades no meu Insta Stories @lelegianetti, ok?

Beijinhos,
Assinatura-lele

Assinatura-lele

Deixe um comentário

Written by Lelê Gianetti
Brazilian blogger | Life's enthusiast | Photo lover | Dreamer | Reading addicted | Dentist.